David Fincher revelou alguns dos motivos que o levaram a deixar o posto de diretor de 20.000 Léguas Submarinas – remake da Disney baseado no filme da própria Disney de 1954, e no livro de Júlio Verne.

O diretor havia trabalhado no projeto em 2012, escolhendo locações na Austrália, mas posteriormente acabou se desligando do filme.

Em entrevista ao site Little White Lies, Fincher disse que o problema central foi a escolha do elenco. Inicialmente, ele queria para o papel central Brad Pitt – com quem trabalhou em Seven (1994), Clube da Luta (1999) e O Curioso Caso de Benjamin Button (2008).

Pitt recusou o projeto, e Fincher optou por Channing Tatum. Mas a Disney preferiu Chris Hemsworth. A discórdia sobre o astro central do filme nunca se resolveu.

Mas esta não foi a primeira peleja entre Fincher e um estúdio por causa de elenco. O diretor já havia duelado com a Sony, para conseguir Rooney Mara como protagonista de Millenium: Os Homens que não Amavam as Mulheres (2011). Naquele caso, o cineasta venceu.

Sem mais artigos