O aspirante a blockbuster Êxodo – Deuses e Reis acaba de estrear nos cinemas do Brasil, mas no Egito o filme não vai passar.

Segundo o site Digital Spy, o país decidiu banir a bíblica super produção, alegando que existem erros históricos no roteiro.

Para o departamento de censura do Egito o filme comete deslizes como afirmar que os judeus construíram as pirâmides e mostrar que um terremoto, e não um milagre de Moisés, causou a divisão do Mar Vermelho.

Diante desses “absurdos”, o Egito decretou a rejeição ao filme, uma semana antes da estreia que estava marcada no país.

Não é a primeira vez que Êxodo enfrenta críticas. O Marrocos também baniu o filme, também alegando erros históricos. E há alguns meses diversos grupos militantes acusaram a produção do filme de ser “racista”, ao escalar para papéis de mouros e egípcios atores brancos anglo-saxões.

Êxodo é dirigido por Ridley Scott e estrelado por Christian Bale, narrando o duelo entre Moisés e o Faraó Ramsés.

304642.jpg-c_640_360_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Egito não vai exibir Êxodo, alegando erros históricos do filme

Sem mais artigos