Onze, Stranger Things

Reprodução Onze, Stranger Things

(ATENÇÃO: Antes de seguir em frente, saiba que o texto contém muitos spoilers da primeira temporada de Stranger Things)

A prova de que Stranger Things é um dos maiores sucessos de 2016 é que já surgiram várias teorias sobre a série na internet. Uma das mais curiosas veio de um fã brasileiro, Abner
Pereira, um estudante de publicidade de Gravataí (RS).

Abner deixou a sua teoria registrada no Medium e contou com a ajuda de outros fãs da série que conheceu por meio de fóruns online sobre Stranger Things.

A teoria é o seguinte: o mundo invertido na verdade seria o futuro. E o que prova isso? Lá existem postes caídos, carros abandonados, poeira, luzes piscando, contruções, além de esqueletos humanos, que parecem estar lá há muito mais tempo que Will e Barb.

Em seu texto, Abner admite que “naquele momento era mais um desejo de algo que eu gostaria de ver do que uma teoria embasada em argumentos”, mas não demorou para a história ganhar força.

Logo no primeiro episódio, o policial Hopper afirma que a cidade de Hawkins era tranquila e sem crimes, portanto os ossos que estão lá não podem ter vindo de um rapto anterior do monstro. Essa é prova que os esqueletos mostram que outros seres humanos já estiveram do outro lado.

Segundo Abner, toda vez que Eleven toca no monstro, ela gera um desequilíbrio no tempo. “A saída que a natureza encontrou para consertar esse desequilíbrio foi abrindo uma fenda entre o futuro e o presente já que dois seres haviam tido contato. A parede se racha onde, após algum tempo, se tornará a sala do portal em quarentena, no subsolo do laboratório”, diz o texto.

Há provas de que o futuro é afetado fisicamente pelas pessoas do presente. Exemplo: Nancy e Jonathan botam fogo no monstro dentro de casa (presente) e o chão fica marcado para Joyce e Hopper (futuro).

'Stranger Things' terá 2ª temporada

Netflix/Divulgação ‘Stranger Things’ terá 2ª temporada

A primeira temporada da série terminou bem amarrada, mas algumas pontas ficaram soltas, claro, deixando espaço para uma continuação. Os irmãos Duffer, criadores da série, afirmaram que “deveríamos estar preocupados com muito mais do que só com Will”.

Será que Eleven é na verdade o monstro? Segundo a teoria, essa metamorfose começaria no momento em que ela se sacrifica para salvar os meninos. A explicação é que com o tempo ela se torna o monstro, vivendo sozinha no futuro, que seria o “mundo paralelo”.

eleven_the_monsterReprodução

Há também o fato de que a criatura do RPG que os meninos jogam se chama Demogorgon, que dentro do universo de Dungeons & Dragons é um ser de duas cabeças, cada uma com uma personalidade diferente. Alguém pensou: Eleven e o monstro? O monstro é humanoide, o que prova que ele já pode ter sido humano no passado e fêmea, já que coloca ovos (algo que fica claro na cena em que Joyce e Hopper vão resgatar Will).

Outra coisa: Eleven reconhece Barb em uma foto no quarto de Nancy. Se você lembra bem, Barb some ainda no início da série e as duas nunca se encontraram, portanto como El saberia quem é ela? Sim, com uma visão do seu eu futuro.

O que nos resta? Esperar para ver se tudo isso vai se tornar realidade.

Sem mais artigos