A tradicional festa beneficente Cinema Contra Aids, uma espécie de leilão organizado pela associação Amfar em meio às estrelas do Festival de Cannes, bateu seu recorde de arrecadação na noite de quinta (22) ao alcançar a expressiva marca de US$ 35 milhões.

Apesar do assédio em cima dos atores e atrizes do cinema mundial, o principal destaque da noite foi o esqueleto de um mamute de três metros de altura apresentado em uma colossal vitrine de aço, assinado pelo artista britânico Damien Hirst e que foi arrematado por US$ 15 milhões.

A obra, intitulada Gone But Not Forgotten, se tornou a peça mais cara já vendida no evento, informaram os organizadores em comunicado.

Outro item que roubou a atenção das celebridades no leilão foi a venda de uma passagem para o espaço, a última vaga no voo da Virgin Galactic com Leonardo DiCaprio, vendida por US$ 1 milhão, acrescentaram os organizadores.

Ainda houve espaço para um leilão de moda organizado por Carine Roitfeld, ex-redatora-chefe da revista Vogue em Paris. No desfile, desenhos de Alexander Mcqueen, Altuzarra, Calvin Klein, Chanel ou Christian Dior apresentados por modelos como Alessandra Ambrosio, Ana Beatriz Barros, Maria Carla Boscono, Katharina Damm ou Saskia De Brauw.

Outro dos pontos altos da tradicional noite de arrecadação, cerimônia criada a partir de uma iniciativa de Elizabeth Taylor, foi o leilão de um colar Bulgari que combinava ouro branco e diamantes em formato de serpente. Apresentado pela ex-primeira dama francesa Carla Bruni-Sarkozy, a peça foi arrematada por US$ 550 mil.

O ator mexicano Gael Garcia Bernal, a ucraniana Milla Jovovich, as modelos Heidi Klum e Bar Refaeli, os atores John Travolta, Willem Dafoe, a cantora australiana Kylie Minogue, a atriz espanhola Paz Vega e a artista Dita Von Teese estavam entre os ilustres convidados da noite.

Também compareceram Kenneth Cole, o cantor canadense Justin Bieber, o ator americano Adrien Brody, as francesas Catherine Deneuve, Carole Bouquet e Marion Cotillard, as americanas Jessica Chastain e Jane Fonda, a diretora Sofia Coppola e o presidente do júri do festival, Jane Campion, entre outros.

Sem mais artigos