Íris diz a Ariadna que ela teve opções além de tentar vida como prostituta

Um dos episódios que marcaram o início desta edição de “No Limite” foi a desavença entre Íris Stefanelli e Ariadna Arantes sobre oportunidades aos transsexuais no Brasil.

Nesta segunda-feira, Íris usou o seu perfil oficial no Instagram para contar a sua versão sobre a “treta” com a colega e acusou Angélica Ramos, que também esteve com elas no reality, de se aproveitar da situação.

Angélica falou no programa “Encontro”, com Fátima Bernardes, sobre o episódio envolvendo Íris e Ariadna. Segundo Angélica, as mulheres trans são sim “desprivilegiadas” e “devem ser respeitadas”.

“A Angélica simplesmente pegou o gancho da Ari e falou: ‘vou crescer em cima dessa loira’. Eu e ela [Angélica] já estávamos uma não suportando a outra no programa. E eu quando estou estressada com uma pessoa, não adianta, não consigo passar sabão”, disse Íris.

“Mas na hora que ela pegou o gancho da Ariadna para crescer, que covardia. Eu fiquei tão mal, eu chorava de desespero”, continuou a loira no desabafo.

Angélica respondeu ao desabafo de Íris usando sua conta oficial no Twitter. “Não preciso crescer sobre a imagem de ninguém muito menos na sua, aprenda a não julgar as pessoas e mais aprenda respeitar a história de vida de cada um”.

Sem mais artigos