Depois de muito choro, Jakeline foi a segunda eliminada do Big Brother Brasil 12 com apenas 50,47%. Ela deixou a casa em disputa apertadíssima com Renata, que ficou bastante emocionada com o anúncio de Pedro Bial e logo agarrou Yuri para comemorar.

Em seu clássico discurso, o apresentador disse: “A criatura entra na gincana contemporânea, vira personagem de si mesmo, faz e acontece, e espera que nós outros aqui fora nos quedemos em êxtase, frêmitos, trêmulos de desejo de dar R$ 1,5 milhão para este zé-mané ou aquela mané”.

“Patrão, patrão mesmo é nem vencer. Patrão é ser selecionado e fazer parte dos eleitos. Patrão é mergulhar nessa piscina, pisar nessa grama, viver nessa casa, viver essa vida provisória e tão definitiva. Patrão é viver essa história como se fosse sua”, emendou Bial.

“Na receita do BBB feliz, como na receita de mulher, há que conquistar, não vencer; sucumbir, não perder; não chorar, se afogar em pranto; não rir, gargalhar. E nunca, jamais, nunca ir embora, talvez partir. Partiu eliminação, minha querida, a vida espera por você aqui fora, Jakeline”, revelou.

Jakeline foi alvo dos brothers desde o início porque chorava constantemente e dormia demais. Ela saiu pela votação dos participantes, seis votos, enquanto a estudante de psicologia Renata foi indicada pelo líder João Mauricio.

Sem mais artigos