A campanha de Jennifer Lawrence contra a “ditadura da magreza” em Hollywood lhe rendeu uma inimiga: Joan Rivers. A apresentadora do programa Fashion Police, do canal norte-americano E!, declarou ao jornal New York Post que sua resolução de Ano-Novo é garantir que Jennifer “cresça, perceba o quanto tem sorte e se acalme”.

O comentário foi recebido como uma resposta à declaração de Lawrence, que criticou o programa de Joan em uma entrevista em novembro. Na época, ela disse que programas como o de Joan manda uma mensagem “baseada em todos os valores errados” de que é correto chamar pessoas de “gordas ou feias” na televisão.

No Twitter, Joan chamou a atriz de “arrogante e hipócrita”, acrescentando que ela mesma é retocada em ensaios fotográficos e cartazes de filmes. A apresentadora disse ainda que Lawrence, que ganhou o Oscar de Melhor Atriz por O Lado Bom da Vida, começou a criticá-la porque estava divulgando um filme. Lawrence, por sua vez, respondeu que “deveria ser ilegal chamar alguém de gordo na TV”. 

Sem mais artigos