João Luiz disse que teve muito apoio da família sobre ser gay

Participante da 21ª edição do Big Brother Brasil, João Luiz Pedrosa foi peça importante no jogo ao levantar debates sobre assuntos de preconceito racial e sexual que norteiam o país.

Em entrevista à revista Quem, João contou que assumiu que era homossexual aos 14 anos de idade e teve de lidar desde cedo com o preconceito das pessoas.

“Quando você é LGBTQIA+, você vê um questionamento que vem das pessoas para você. ‘Nossa, mas você tem certeza? É isso mesmo?’. É como se a gente fosse sempre uma interrogação. E, na verdade, a gente é um ponto de exclamação”, falou João.

“Eu me assumi muito cedo, com 14 anos, a minha família toda já sabia que eu era gay. E para a minha mãe dentro da minha casa, a minha orientação sexual nunca foi um problema”.

“A dificuldade que eu enfrentava era a dificuldade da escola, na rua. Então, quando eu chegava em casa, com toda aquela carga que eu recebia todos os dias na escola, eu tinha o meu pai e a minha mãe me apoiando e me acolhendo”.

Sem mais artigos