O ator Jonah Hill, que contracena com Leonardo DiCaprio no novo filme de Martin Scorsese, O Lobo de Wall Street, se declara culpado por uma travessura um tanto sem noção nos bastidores das gravações. Em entrevista ao site WENN, ele contou que fez o astro de Titanic vomitar horrores depois de levar surras do colega.

“O negócio com o Leo é que ele é um grande ator, mas ele joga pesado. Nós tínhamos cenas de luta, em que precisávamos brigar um com o outro. Ele, basicamente, arrancou meu couro por seis meses. Ele é maior que eu, então eu não poderia retaliar e causar algum estrago. Eu pensava, ‘O que posso fazer para dar o troco?”, disse Hill.

“Em uma das cenas mais emocionantes do filme, nós estamos comendo sushi e, no reoteiro, ele deve falar, ‘Você quer o último pedaço?’. Eu digo, ‘Sim’, e como o sushi. Quando fizemos o primeiro take, ele diz, ‘Você quer o último pedaço?’ e eu digo, ‘Não, pode comer'”.

“Daí, fizemos uns 100 takes comendo sushi. E eu pensava, ‘Essa aqui é a minha vingança’. No fim da noite, ele estava no chão, com uma lata de lixo, e todo mundo falava, ‘Leo, você está bem?'”, gabou-se o comediante. “As únicas pessoas que ria histericamente eram eu e o Martin Scorsese.”

Com estreia no Brasil marcada para 3 de janeiro de 2014, O Lobo de Wall Street é baseado na autobiografia de mesmo nome, escrita por Jordan Belfort. Na trama, o jovem protagonista, vivido por DiCaprio, tem uma incrível ascensão e uma dramática queda no mercado financeiro de Wall Street.

Na vida real, Belfort chegou a ser condenado, em 1998, por fraude de segurança e lavagem de dinheiro, cumprindo uma pena de 22 meses em uma penitenciária federal dos Estados Unidos.

Sem mais artigos