E lá se foram 20 anos. Em maio de 1995, um filme independente e pra lá de underground sacudiu o Festival de Cannes: Kids, escrito por um garoto de 22 anos (Harmony Korine) e dirigido por um senhor de 52 (Larry Clark).

0a

Com seu retrato cru, corrosivo, realista e chocante da juventude nova-iorquina dos anos 90, o filme tornou-se assunto mundial – no Brasil, estreou nos cinemas em outubro do mesmo ano. “Um alerta para o mundo”, bradava o cartaz da obra. Revistas como Time e jornais como New York Times dedicavam capas e análises extensas sobre a polêmica obra.

O universo das ruas, com skatistas, drogas, clubes noturnos, sexo, ecstasy (então surgindo) e HIV (então ainda explodindo) fazia o cardápio do filme, que narrava o drama de Jennie (Chloe Sevigny, foto acima), que transou apenas uma vez na vida, com o sedutorzinho Telly (Leo Fitzpatrick), e descobriu ser soropositiva.

0

No elenco do filme, um grupo de adolescentes absolutamente desconhecidos. E que foram alçados à condição de jovens formadores de tendências, passando a atuar em filmes, séries de TV e a posar para editoriais de moda, tornando-se símbolos da geração 90.

Mas, 20 anos depois, quais deles conseguiram manter uma carreira em Hollywood? Ou ainda: quais deles sobreviveram? (literalmente). Confira na galeria a seguir:

Sem mais artigos