Lizzie VelasquezReprodução

Ela nasceu com uma síndrome rara que a impede de ganhar peso, mas isso nunca foi empecilho para nada: nem para os haters, que a apelidaram de um milhão de coisas, sendo a principal “a mulher mais feia do mundo” em um vídeo no YouTube; nem para ela, de se tornar uma palestrante motivacional de sucesso. Lizzie Velasquez ganhou fama na internet aos 17 anos, graças ao vídeo supracitado, mas foi sua carreira em eventos como TED Talk, seus livros e seu ativismo anti-bullying que a mantiveram em alta até hoje, aos 26.

Agora, é hora de colher os louros: a cineasta Sara Hirsh Bordo trouxe a Lizzie a oportunidade de fazer um documentário sobre sua história, mostrando como é possível ter triunfo sobre os bullies que habitam a internet e os corredores das escolas. A Brave Heart: The Lizzie Velasquez Story estreou no último dia 25 nos Estados Unidos e pretende provar para jovens e adultos (apesar de sua censura, que é 13 anos) que a zueira, nesses casos, não leva a nada.

Tomara que este documentário chegue logo por aqui!

Sem mais artigos