Nada se cria, tudo se copia. A frase era um dos pilares de Abelardo Barbosa, o lendário Chacrinha, um dos maiores comunicadores do Brasil. E continua mais atual do que nunca.

A próxima novela das 18h da Globo, Boogie Oogie, estreia em breve. E para promover a trama, o programa Vídeo Show colocou no ar uma campanha para escolher um novo ator, que estará na nova novela. Batizada de Garoto Boogie Oogie, a campanha tem logotipo praticamente idêntico ao do filme Boogie Nights (1997).

Ainda não se sabe se o logotipo mostrado na campanha será o mesmo usado na novela. Caso isso ocorra, será uma referência explícita – o logotipo usa as mesmas fontes, cores e efeitos do filme, incluindo a estrela. Já a referência ao título é mais óbvia.

Boogie Oogie será uma novela que se passa no final dos anos 70, com a gloriosa era das discotecas como pano de fundo. Boogie Nights, o filme, é uma das grandes obras-primas de Hollywood dos anos 90, e se passa no período entre 1977 e 1984, mostrando a decadência da indústria pornô do cinema americano. Dirigido por Paul Thomas Anderson, tem grandes atuações de Julianne Moore e Burt Reynolds, além do charme de Mark Wahlberg.

A ideia de produzir uma novela sobre o final dos 70 também encaixa com o atual sucesso que a reprise de Dancin’ Days (1978) está fazendo no Canal Viva. Resta saber se, além da questão do logotipo, Boogie Oogie terá uma boa reconstituição de época – coisa que não anda ocorrendo nas recentes produções da Globo, como Em Família, que exibiu diversos tropeços históricos e absurdos de época em suas primeira e segunda fases.

Sem mais artigos