Melanie Griffith declarou que não vai assistir Cinquenta Tons de Cinza. O motivo: não aguentaria ver sua filha, Dakota Johnson (estrela do aguardado filme) fazendo cenas de sexo fetichistas.

A veterana atriz disse à revista People: “Dakota ficaria muito desconfortável se eu visse, e eu ficaria muito desconfortável se visse. Aí nós nunca conseguiríamos conversar sobre, então porque eu deveria ver o filme?”

Melanie continuou: “Você gostaria de ver sua criança fazendo sexo dessa forma? Sexo comum, eu já não conseguiria, imagine o sexo com “quarto da dor”? Definitivamente eu não poderia!” A atriz mencionou o “quarto da dor”, um dos elementos presentes na trama do filme – por sua vez baseado no bombado livro.

180424101

Por outro lado, Griffith se disse contente por ver a filha em um papel de destaque. “Fiquei muito feliz quando ela me ligou e disse ‘Consegui Cinquenta Tons de Cinza!’ Eu fiquei tipo ‘Oh Meu Deus'”.

O pai de Dakota, Don Johnson, também já comemorou o sucesso da filha, afirmando que ela é uma “atriz muito, muito talentosa”.

Dakota, de 25 anos, é filha dos atores Melanie e Don, e enteada de Antonio Banderas, com quem Melanie se casou nos anos 90. Ou seja, antecedentes “sexy” não faltam na família da jovem atriz – afinal, seus pais e seu padastro sempre viveram personagens sensuais no cinema. Não lembra?

Melanie estrelou cenas pra lá de tórridas em filmes como Dublê de Corpo (1984) e Totalmente Selvagem (1986); Don foi o astro da série dos 80 Miami Vice (1985); e o espanhol Banderas tem pencas de filmes “calientes” no currículo, em Hollywood (como Pecado Original, A Máscara do Zorro, Os Reis do Mambo) e em sua Espanha natal, dirigido por Pedro Almodóvar (incluindo a famosa cena dele em posição frango assado em A Lei do Desejo).

Mas a linhagem sexy de Dakota Johnson vem de mais longe ainda: sua avó, e mãe de Melanie, é Tippi Hedren, famosa por ser uma das sensuais loiras geladas de Alfred Hitchcock: estrelou Os Pássaros (1963) e Marnie, Confissões de uma Ladra (1964).

Sem mais artigos