netlfix-590x330

Em 2015, o Netflix lançou 16 temporadas de programas que foram inteiramente desenvolvidos exclusivamenta para sua plataforma. Para quem achava que o serviço seria focado em ser um arquivo de séries antigas, o número de lançamentos chamou atenção. E de acordo com o diretor Ted Sarandos, que deu entrevista coletiva em Nova York, a tendência é crescer: em 2016, o serviço estreará provavelmente 31 produções exclusivas, incluindo continuações e novos lançamentos.

A estratégia de ter mais séries exclusivas, segundo artigo do site Geek.com, é de ter controle autoral sobre seu conteúdo, já que perder uma série de outras produtoras e entregar menos material para o telespectador seria nocivo para a imagem do próprio Netflix. “Não sei se é mais difícil do que eu esperava, mas não tem sido uma estrada fácil”, disse Sarandos no evento realizado na UBS Media Conference, afirmando que quer expandir o serviço para 200 países no ano que vem. Atualmente, atende 80.

No próximo ano, o Netflix oferecerá continuações de séries que já viraram hit no serviço, como Master of None, House of Cards e Orange is the New Black. Entre as novas apostas, estão a série The Crown, uma narrativa sobre a rainha Elizabeth II, e The Get Down, um drama musical.

“Não é uma questão de volume. É um produto de qualidade”, completou.

Sem mais artigos