A organização americana Friends of Animals, protetores dos direitos dos animais, está organizando um boicote ao filme O Lobo de Wall Street, de Martin Scorsese. O grupo acusa o filme de maltratatos a animais durante suas filmagens. As informações são do jornal britânico The Guardian.

—realted—

A organização diz que o chimpanzé que aparece andando de patins em uma cena com Leonardo DiCaprio sofreu danos psicológicos permanentes durante a atuação. A ativista Edita Birnkrant está planejando confrontar Scorsese e DiCaprio sobre o assunto nesta terça-feira (17) à noite na Big Apple première, de acordo com a revista Variety.

“Na première de O Lobo de Wall Street, com certeza, será discutido se Leonardo DiCaprio vai ou não ganhar o Oscar“, escreveu o grupo em sua declaração.

“Mas o que não será falado é que o chimpanzé chamado Chance, que contracenou com DiCaprio, sofreu danos frequentes durante as filmagens”.

Birnkrant disse que o chimpanzé está sofrendo de comportamentos negativos e neuróticos e de uma inaptidão de interagir socialmente com outros da sua espécie.

O Lobo de Wall Street, comédia de humor negro sobre Jordan Belfort, um corrupto homem de negócios, foi nomeado, na semana passada, um dos top 10 filmes do ano pela American Film Institute (AFI).

O filme, que entra em cartaz no Brasil no dia 24 de janeiro de 2014, foi indicado ao Globo de Ouro nas categorias de melhor comédia/musical e melhor ator de comédia/musical.

Sem mais artigos