A Entrevista (The Interview)

James Franco e Seth Rogen em A Entrevista

A Art House Convergence, uma rede de cinemas independente que tem 250 salas nos Estados Unidos, está pedindo à Sony autorização para projetar  A Entrevista (The Interview), filme que irritou o governo da Coreia do Norte e cujo lançamento foi suspenso pela empresa.

Numa carta aberta aos executivos da Sony Michael Lynton e Amy Pascal, o diretor da Art House, Russ Collins, diz que ficaria contente em fazer apenas uma exibição especial sem fins lucrativos ou colocar o filme na grade de programação da rede. “Nós estamos solidários com o ataque implacável que a companhia sofreu e queremos ajudar da nossa pequena mas poderosa forma”.

A rede de cinemas inclusive criou uma petição online no site Change para donos de sala de cinema, programadores e/ou operadores que têm interesse de projetar o filme.

 


Rede de cinema indie diz que quer projetar A Entrevista

Sem mais artigos