Em entrevista ao site da revista Esquire, o diretor Ridley Scott falou sobre o caráter “bíblico” de Prometheus, seu último filme, em que um grupo de exploradores espaciais descobre uma pista para a origem da humanidade na Terra. Na conversa, o diretor deixou escapar que está trabalhando em um novo filme baseado no Velho Testamento, que se chamará Moisés.

Ao ser questionado se o “clima de Velho Testamento” em Prometheus foi intencional, Scott respondeu: “Sim. Eu sou realmente intrigado com essas questões eternas da criação e da crença na fé”.

Em seguida, o diretor disse acreditar que a maior fonte do mal são as religiões. O entrevistador sugeriu, então, que ele realizasse um filme baseado em uma história da Bíblia. “Eu já estou fazendo isso. Se chamará Moisés. É sério. Vai acontecer”, disse. “Eu, provavelmente, não deveria ter deixado isso escapar”, acrescentou.

Ainda assim, o diretor de Blade Runner falou mais sobre sua fascinação em relação ao personagem bíblico. “O que é interessante sobre Moisés não é a coisa grande que todo mundo sabe. São coisas como seu relacionamento com Ramsés [2º, o faraó]. Eu, honestamente, não prestei muita atenção na escola quando contaram a história dele. Alguns detalhes de sua vida são extraordinários”, disse.

Prometheus, que é situado no mesmo universo de Alien – O Oitavo Passageiro, estreia no Brasil no próximo dia 15 de junho. O filme é estrelado por Noomi Rapace, Charlize Theron, Idris Elba, Guy Pearce, Logan Marshall-Green e Michael Fassbender.

 

Veja o trailer de Prometheus:

<iframe class=”virgula-player” type=”text/html” width=”630″ height=”390″ src=”http://virgula.com.br/ver/video/12639″ frameborder=”0″></iframe>

Sem mais artigos