A nova versão de RoboCop, dirigida pelo brasileiro José Padilha (Tropa de Elite), mostrará o policial do futuro lutando contra terroristas da Al Qaeda, afirmou o colunista do site Hit Flix, Drew McWeeny, por meio de seu Twitter. O jornalista afirma ter obtido um roteiro do remake e foi ao microblog criticar o texto.

ATENÇÃO: A partir daqui a notícia tem spoilers, se você não quer saber o que pode acontecer, não continue lendo.

 “Eu tentei ler o remake de Robocop, mas depois de 20 páginas, meu nariz começou a sangrar e eu esqueci o meu nome. Não é bom. Não é mesmo”, escreveu.

McWeeny conta que a armadura do RoboCop passará por transformações. “Eu vou compartilhar um detalhe. No filme, quando Murphy vira o RoboCop 1.0, ele é descrito como ‘uma versão tecnológica da armadura da década de 80’. Então, eles mostram uma cena de um grupo focal, em que os criminosos riem do design. ‘Ele parece um brinquedo dos anos 80!'”, conta o colunista.

“Então, eles refazem o desenho para fazê-lo parecer mais ‘malvado’ como o RoboCop 3.0, o que passa pela aprovação do grupo. Portanto, eles não só fazem questão de colocar o design original como também apontam o quão ele é datado e estúpido”, continua o colunista, acrescentando que a produção da armadura do RoboCop é realizada na China, no roteiro.

“Em seguida, temos os ED-209 nos campos do Irã, onde eles estão acostumados a subjugar homens-bomba. Ah, e agora eles colocam o RoboCop 3.0 em um campo de treinamento da Al Qaeda para ver o que ele faz. Na página 54, eles já estão no RoboCop 4.0, que se parece como ‘um policial com esteroides pintado em azul metálico. Oh, Deus. RoboCop é um Transformer. Ele passa do ‘módulo social’ para o ‘módulo de combate’ e vice-versa”, afirma.

Com previsão de estreia nos Estados Unidos em 9 de agosto, RoboCop é um remake do clássico de ficção científica homônimo de 1987. O filme contará com o sueco Joel Kinnaman no papel do protagonista Alex Murphy/ RoboCop, além de Hugh Laurie, Gary Oldman e Samuel L. Jackson.

RoboCop lutará contra terroristas da Al Qaeda em remake, diz colunista

Sem mais artigos