A atriz Sandra Bullock arrasou na noite de quarta-feira (8), com quatro prêmios nos People’s Choice Awards, que são escolhidos pelo público e abrem a temporada de premiações em Hollywood.

Sandra, indicada em 14 das 60 categorias, saiu com os prêmios de melhor atriz, melhor atriz de comédia (por As Bem-Armadas), e melhor atriz dramática graças a Gravidade, um filme que também lhe valeu o título de “melhor dupla do cinema” junto com George Clooney.

A festa do People’s Choice Awards foi realizada no teatro Nokia de Los Angeles e apresentada pelas protagonistas da série de televisão 2 Broke girls (Duas Garotas em Apuros).

Os prêmios, que abrangem cinema, televisão e música, reconheceram também o trabalho do cantor Justin Timberlake, que conquistou três categorias: melhor artista masculino, melhor cantor de R&B, e melhor disco por The 20/20 Experience.

Por outro lado, a apresentadora de televisão Ellen DeGeneres colocou seu nome no lugar mais alto da história do People’s Choice Awards ao conseguir o recorde de mulher mais premiada com 14 troféus.

A cantora Britney Spears, que lançou recentemente seu novo disco Britney Jean, foi premiada como a melhor artista pop.

O público dos EUA, que participou da premiação com mais de 700 milhões de votos online, também escolheu Homem de Ferro 3 (melhor filme e melhor filme de ação), The Big Bang Theory (melhor comédia televisiva), e The Good Wife (melhor drama televisivo).

Em uma festa simpática e sem incidentes, a cantora e atriz Jennifer Hudson emocionou todos os presentes com um discurso quando recebeu o prêmio em reconhecimento ao seu trabalho humanitário.

Hudson comanda uma fundação junto com sua irmã Julia denominada Julian D. King, em homenagem ao filho desta última que foi assassinado em 2008.

A cantora, que trabalha nessa associação em benefício das crianças, confessou que se inspirou nos educadores que conheceu quando era pequena: “se eles conseguiram, então eu também posso”, concluiu.

Com essa festa, Hollywood inicia sua temporada de prêmios, que continuará no próximo domingo com o Globo de Ouro, para prosseguir com a premiação do sindicato dos roteiristas, o Grammy e, finalmente, o Oscar.

Sem mais artigos