Os mais velhos se lembram: na época de Natal e Ano-Novo, a Sessão da Tarde da Globo costumava exibir clássicos inenarráveis, geralmente musicais, como A Noviça Rebelde (1965), O Mágico de Oz (1939) e Grease – Nos Tempos da Brilhantina (1978).

Cadê a Noviça?...

Cadê a Noviça?…

Depois, já nos anos 2000, a tradicional sessão vespertina esbanjava filmes da franquia Esqueceram de Mim – já que eles sempre se passam no Natal.

Agora, o cardápio da Sessão deu uma modernizada. Mas nem por isso deixou de pinçar hits para essa glamourosa época do ano. Sendo assim, vamos ver o que vai passar na última semana de 2015?

Na segunda (28) o filme é Kung Fu Panda (2008), a já clássica animação, com Jack Black dublando o protagonista. O filme deu origem a uma franquia cujo terceiro longa estreia em 2016.

Na terça (29) é a vez de um filme que, independente do período do ano, é um super clássico da Sessão da Tarde: Meninas Malvadas (2004), a deliciosamente cruel comédia escolar estrelada por Lindsay Lohan. Quem resiste?

mean_girls_68096

Maravilhosas!

Na quarta (30) o eleito é Quarteto Fantástico (2005), o longa baseado nos quadrinhos da Marvel e que teve sequência em 2007, além do malfadado reboot de 2015, que frustrou as bilheterias. Para os puristas, o filme de 2005 é o melhor.

A partir de quinta (31) a Sessão da Tarde já fica meio decepcionante. Na quinta, a sessão exibe a obscura comédia Segurança de Shopping (2009), e na sexta (01) a animação Gato de Botas (2011), dublada por Antonio Banderas e Salma Hayek. Que decepção!

Pensando bem, a Globo podia lançar um canal a cabo chamado Sessão da Tarde, para exibir 24 horas de clássicos dessa sessão! Ficou a dica.

Filmes que fazem falta na Sessão da Tarde!

A 1ª versão da história, estrelada por Gene Wilder como Willy Wonka (30 anos antes de Johnny Depp fazer o papel), foi um hit da Sessão da Tarde nos anos 70 e 80. Cadê?
Este clássico da Disney traz Jodie Foster adolescente, trocando de corpo com sua mãe Barbara Harris. A Sessão da Tarde passava muito isso nos anos 80, mas nos anos 2000 preferiu reprisar o remake de 2003, com Lindsay Lohan e Jamie Lee Curtis
Já que falamos em Lindsay, onde foi parar este filme que encantou tantas tardes da Globo? Ainda mais com Lindsay Lohan em papel duplo...
E onde foi parar a adorável Matilda (Mara Wilson), a garotinha genial deste filme estrelado ainda por Danny deVito?
Quem nunca ficou doente e passou a tarde em casa vendo este filme jocoso estrelado por animais falantes e fofos?
Faz tempo que essa comédia destrambelhada não dá as caras na Sessão da Tarde. O elenco é incrível, e as peripécias dos caipiras são hilárias
E falando em Lily Tomlin (que atua no filme dos Buscapés), ela marcou também nesta comédia, em dupla com Bette Midler. As duas encarnam dois pares de gêmeas, trocadas no nascimento, e que provocavam
Qualquer clássico do diretor John Hughes seria bem vindo na Sessão da Tarde, mas este besteirol nerd é um dos mais irresistíveis
Produzido por John Hughes, o filme é um romance teen que também arrebatou corações. Eric Stoltz tenta conquistar a riquinha da escola, apenas para descobrir que seu (dele) verdadeiro amor é a amiga baterista, underground e que todo mundo achava que era lésbica (Mary Stuart Masterson)
Difícil resistir a essa aventura capa e espada, com a famosa história do amor proibido entre um homem que de noite vira lobo e uma mulher que de dia vira águia. O trambiqueiro Matthew Broderick tenta ajudar o casal a quebrar o título do filme
A cinebiografia do cantor Ritchie Valens (Lou Diamond Phillips), autor do hit dos anos 50 que dá nome ao filme, é um clássico que a Sessão da Tarde gostava de passar nos anos 90. A trilha era ótima!
Se houve uma vez um verão, houve uma época em que a Sessão da Tarde passava filmes antigaços, das décadas de 70, 60 e até 50! Este filme sensível (feito em 71 mas que se passa em 42) era uma delícia de se ver nas tardes preguiçosas...
Mais uma obra sensível e romântica sobre a adolescência, ou a pré-adolescência. O romance entre um menino e uma garota aos 12 anos frequentou a Sessão da Tarde nos anos 80. Depois, sumiu da Globo
Warren Beatty estrelou e dirigiu esta comédia celestial, vivendo o jogador de futebol que morre por engano, e ao chegar no Céu descobre o erro, tentando voltar então para a Terra
O filme-símbolo dos filmes escolares do passado. Uma produção britânica que foi a cara da Sessão da Tarde nos anos 70 e 80
Até Marilyn Monroe foi estrela da Sessão da Tarde! Nos anos 70 e 80 a diva pintava nas tardes globais, no filme Como Agarrar um Milionário (53) e neste aqui, um musical estrelado pela loira em parceria com Jane Russell. Bons tempos!

"Sessão da Tarde" da Globo traz hits cultuados na última semana do ano

Sem mais artigos