Casa permaneceu mesmo com a construção de ponte na China

O que era para ser um impasse, acabou se tornando algo inusitado na China. O governo de Guangdong tentou convencer por quase dez anos uma moradora a vender a casa para que fosse construída uma ponte. Só restava a dela para que a obra fosse iniciada.

Mas Liang, como a proprietária fora identificada, resistiu bravamente e não cedeu às investidas públicas, já que o governo estava lhe oferecendo uma moradia ao lado de um necrotério.

Sendo assim, as obras da ponte começaram com a casa de Liang no local. O jeito dado pelos arquitetos foi desviar parte da pista da casa, que acabou ficando no centro. Após a inauguração, a casa de Liang, na verdade, acabou virando atração turística.

E se engana quem pensa que a moradora achou ruim permanecer no local, em meio a carros e agito. “Você pode pensar que a questão da poluição é ruim, mas eu acho aqui quieto, liberador, prazeroso e confortável”, disse ela.

O imóvel de Liang começou até a receber visitas, quando a ponte é fechada aos sábados. A casa já ganhou fama nas redes sociais pelo mundo.

Sem mais artigos