Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.

Instagram/Reprodução

Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.

Seu incrível nivelamento – a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro – foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.

Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d’água, onde o horizonte de confunde com o céu.

Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.

Sem mais artigos